terça-feira, 18 de setembro de 2012

«LADRÃO E ASSASSINO, DIGO EU»

«Ladrão e assassino, digo eu»... quem o disse foi o padre Mário de Oliveira, natural de Lixa, a propósito das últimas medidas do governo. Vale com certeza a pena perder um pouco do seu tempo e ouvir, quer seja crente ou não. Ficaram-me gravadas na memória as suas últimas palavras: «insurreição desarmada!»... sem tirar nem pôr, que é como quem diz, vamos a ela!
Poet'anarquista
«LADRÃO E ASSASSINO, DIGO EU»

PADRE MÁRIO DE OLIVEIRA

2 comentários:

Anónimo disse...

ESTA É A VERDADEIRA PALAVRA DE JESUS. DÓI, NÃO DÓI?

Anónimo disse...


TAMBÉM DÓI MUITO AOS PAIS QUE NÃO TÊM PÃO PARA MATAR A FOME AOS FILHOS !!!

VENDILHÕES DO TEMPLO !!!!!!!!....

Uma Alandroalense (L...)