sexta-feira, 28 de outubro de 2011

POESIA - MATIAS JOSÉ

«Fernando Pessoa»
JPGalhardas

A  INCOMPARÁVEL LEVEZA DO SER

Escrevi sobre esta beleza
 (Assim «Pessoa» a enalteceu)…
 As palavras são com certeza
 O melhor que Deus me deu!

O tempo não me interessa
 Na distância percorrida...
 Qualquer coisa com pressa,
 Espera uma nova partida!

Em procura de um lugar
 Onde amar sempre quis,
 Encontrei o teu olhar
 E por instantes… fui feliz!

A incomparável leveza do ser
 Entrou num coração,
 Mais querer… é nada querer,
 Que o resto urtigas são!

Matias José

2 comentários:

Anónimo disse...

Pintura e poesia em harmonia. Todas as ********estrelas do firmamento para ambos!

Maria

Anónimo disse...

Mais uma vez Poet'anarquista nos deliciou com uma BELÍSSIMA POSTAGEM!!!

Muito Grata.

Uma Alandroalense (L...)