terça-feira, 18 de outubro de 2011

POESIA - MATIAS JOSÉ

«Libertação da Alma»
Imagem Web

LIBERTAÇÃO DA ALMA

Ouço os sons da noite entrelaçados
E cheiro suaves aromas que reconheço...
Dois corpos nus p'lo chão jazem prostrados
Libertando a alma para um novo começo.

A alma flui nos mistérios que encerra
Levando aos céus o que só ela contém...
O corpo hirto e findo fecunda a terra
Para o espírito livre fluir mais além.

A libertação da alma
É um estado que acalma!

Matias José

1 comentário:

Anónimo disse...

LINDO!
O meu silêncio aqui deixo!

Muito Obrigada

Uma Alandroalense (L...)